Thay Barbosa

     

08 março 2018

#FALAAITHAY: Por que eu criei um blog?

Ei psiu...você ai mesmo do outro lado da telinha, tudo bem? por aqui tudo ótimo. Tão ótimo que hoje eu resolvi contar um segredinho para vocês, muitos ficam se perguntando e me perguntando do porque eu resolvi abrir mão de muitas coisas e iniciar um blog, e eu venho aqui nesse post com todas as respostas hoje haha' então...sigam-me os bons....


Então pessoal, esse ano que passou (2017) foi o ano em que eu resolvi iniciar o blog, eu já tinha ele criado desde 2014 mas devido a uma série de problemas relacionado a relacionamento abusivo eu não iniciei nessa época que criei. O que me trouxe até aqui, pois bem...vamos devagar, eu tenho um tumblr, hoje ele está parado mas ele fez parte da minha adolescência todinha, ele era praticamente o meu diário. E foi a partir disso que eu comecei a escrever....

Quando era mais nova, passei por alguns transtornos psicológicos e ao me levar ao psicólogo minha mãe foi orientada por ele a me incentivar a escrever, e isso foi feito, eu tinha um péssimo rendimento escolar e até nisso eu melhorei bastante e foi nessa época que eu conheci a rede social tumblr. Nele eu fiquei bem uns 5 anos, eu escrevia meus textos lá para desabafar então eu senti necessidade de publicar esses textos em uma plataforma maior. Mas como eu disse que tinha um relacionamento abusivo eu larguei esse meu sonho de lado e fui tocando a minha vida em frente. 

1- Por que eu resolvi iniciar somente em 2017?
Porque tinha muito medo das opiniões alheias, pelo meu relacionamento que não foi bom eu me fechei muito em traumas e isso me fez retrair. 2017 eu decidi deixar isso tudo para atrás e começar o blog, inicialmente era uma ideia longe de fazer disso uma profissão e eu iniciei mesmo com base de terapia ocupacional. Iniciei o blog com meus textos autorais e só depois fui colocando mais assuntos de meu interesse. 

Sair do tumblr em direção ao mundo foi difícil, eu tinha muito medo do mundo! Mas me encorajei e fiz o que eu queria, no início foi bem complicado pela vergonha mas depois eu fui me acostumando...

2- E como é ser Blogueira? Qual foram as minhas dificuldades? 
Ser blogueira para mim hoje é o primeiro passo de uma profissão. Faz parte de mim e eu hoje sou ótima em comunicação. Ser blogueira é muito mas muito difícil mesmo galera, ter ideias, ter tempo, ter motivação, ter paciência entre outras coisas foram essenciais para mim. Tempo é uma coisa que eu não tenho mais depois que criei o blog haha' mas não me arrependo. Minhas maiores dificuldades foi em mostrar para as pessoas esse meu trabalho, foi divulgar porque eu morria de vergonha e de medo do povo. Tive muita dificuldade com parcerias iniciais e até mesmo assédio. 

Mas essa questão da comunicação foi essencial para minha evolução até mesmo como pessoa, eu aprendi muito com a comunicação. 

3- Como foi minha reação ao notar o que era ser Blogueira de verdade?
Um frio na barriga enorme, é gosto essas sensações. Mas a minha reação inicial foi a de chorar muito quando vi que pessoas diferentes que pessoas da minha família acompanhavam esse blog. 

Foi a partir daí que fui criando e conhecendo meu público melhor. 

4- De que fala meu blog ? 
Um pouco sobre tudo, confesso que chamo ele de bagunçinha pois ele tem de tudo um pouco. Mas uso mais para falar de moda e de assuntos em especial. No caso assuntos emocionais. 

E foi assim que criei uma força emocional melhor. 

5- Como é ser Blogueira na minha Cidade? 
Em fim...ser blogueira em cidade pequena não é muito fácil, e creio que ser blogueira em cidade grande deve ser mais difícil ainda só que onde moro tem poucos recursos. Em fim...vou levando do jeito que tá. 

Pois bem...resumindo, ser blogueira me abriu várias portas inclusive elas de estudo, de autoconhecimento e muito mais coisas...se eu soubesse que seria uma experiência maravilhosa dessas eu teria feito antes. Ser blogueira é ser artista de si mesmo, é se desafiar, é chorar de ansiedade e alegria ao mesmo tempo é ter que aprender todos os dias um pouco mais haha' ser blogueira é isso, é viver cada experiência como se fosse única, e isso basta! 

e então o que acharam do post de hoje? deixe aqui nos comentários haha'

mil beijinhos :*




Nenhum comentário:

Postar um comentário